sábado, 11 de agosto de 2012

61 - Então, isso é um recomeço..?

[...] Demi se vira e vê o  homem misterioso.

Demi: Você de novo? Era só o que me faltava. Me deixa em paz e os meus amigos de também. Afinal de contas o que quer de nós hein? - Perguntou nervosa, já que aquele homem misterioso já havia aparecido para todos os irmãos Jonas, Selena e Miley.

Homem: Calma, eu vim pra lhe adiar!

Demi: Me ajudar???? Você ta me perseguindo, eu vou chamar a polícia.

Homem: Você não entende, eu só obrigado a te proteger. - O homem então olha a mão de mão segurando o colar pra protegê-lo da chuva. - Acredita em mim, eu ajudar vocês duas.

Sel: Demi ela parece ser sincero.

Dem on:
"Eu quero tanto descordar da Selena, mas também estou achando ele sincero, não pelo rosto, porque não consigo vê-lo com esse capuz, ma sim pela sua voz, uma voz velha, suave, mas no entanto soa protetora, como se quisesse me proteger mesmo."
Demi off.

Homem: Por favor, deixem-me ajudá-las! ~estendendo a mão já molhada com a chuva e trêmula de velhice~

Demi: E como pretende me salvar hein? - Perguntou Demi toda duvidosa e desafiadora~

Homem: Eu tenho uma caminhonete onde posso abrigá-las da chuva e levá-las pra casa.

Demi: E você acha que eu vou entrar no carro de um estranho? Nem pensar, meus pais.......minha mãe - corrigiu Demi- me ensinou a não acreditar em nenhum estranho

Homem: Eu não sou nenhum estranho pode acreditar.

Sel: Eu vou com você.

Demi: Selena?

Sel: Demi ele vai levar a gente pra casa, como pode nos fazer mal? Nem ficar de pé ele esta conseguindo, como ele poderia viver nos seguindo e só agora nos fazer mal?

Demi abaixa a cabeça. E os pingos de chuva escorrem em seus rostos.

Sel: Mesmo que ele aparece do nada, percebeu que não faz mal nenhum a gente? Faz até melhor, lembra que ele devolveu meu chinelo?

Demi da uma risadinha de canto de boca.

Sel: Vamos..... ~Selena fala com uma voz delicada~

Demi: Mas, mas e o Joe? Ele..ele ta lá tenho que esperar ele.

Sel: Ele vai vim, confia em mim.

Demi: Não dá, Selena eu amo ele, ele venho nos salvar, o máximo que tenho que fazer e esperá-lo aqui.

Selena faz uma pequena cara de dó, não pelo Joe, mas pelo o amor que Demi sentia por ele e que fizera de tudo para estar ao lado de Joe.

Sel: Ok, eu vou.....ele vai me levar pra casa, se você não aparecer em 30 minutos eu chamo a polícia.

Demi: Eu se eu chegar em casa e não te ver la´, também chamo a polícia ~dando uma olhadinho rpo gomem misterioso continuava parado ao lado~

Elas deram uma risadinha.

Sel: Ok então eu vou, me dá o esquilo e o celular, qualquer coisa me liga do celular do Joe *se ele voltar - pensou Selena* .  Se cuida tá.

Demi: Tá, se cuida também.

Selena dá um beijo na testa de Demi, entra no carro com o homem, sem olhar nem chegar perto dele e dá um pequeno tchauzinho pela janela do vidro embaçado do carro. Demi retribui.

Demi tenta se proteger e proteger o colar o máximo da chuva, ela não sabe se corre atrás de Joe ou espera ele. Ela fica aguniada. Até que vê uma sombra saindo do caminho estreito de barro que levava a casa de Ashley.

Demi: Joe? Joe é você?

Justin: Não...sou eu. ~indo em direção a Demi com toda fúria do mundo e a agarrando~

Demi: Me deixa. SOCORRRO! SOCORRO! Me solta!

Joe: Solta ela!  

Joe dá um empurrão forte, porém cautelosamente para que não levasse Demi junto no empurro.

Demi: Joe? ~Demi olha para Joe com um olhar de alívio, Joe retribui o olhar e dá um sorrisinho~

Justin aproveita isso e vai se levantando com cuidado para Joe não vê-lo fugir.

Joe: EI! Pode para ai. - ele se aproxima, pega na gola de Justin e crava seus olhos nele - Se eu sonhar que você mexeu com a Demi, ou qualquer pessoa perto dele, você vai se ver comigo, e vai ser pior, agora vaza.

Justin sai correndo.

Joe: Você tá bem?

Demi repara que a camisa branca de Joe está super colada em seu corpo, deixando o peitoral á mostra e com alguns cortes de sangues feito pelos galhos e espinhos no caminho. Joe usava uma jaqueta também por cima que também estava com alguns rasgos.

Joe: Demi?

Demi: Hã..oi, to bem.

Joe: Eu fiquei tão preocupado, pensei nas piores coisas que podiam ter acontecido com você. - ele se aproxima ficando juntinho a Demi e meio que a protegendo da chuva coms eu corpo - Você é tudo pra mim, me culparai tanto se alguém pior tivesse acontecido.

Demi: Por que se preocuparia...você terminou comigo, lembra?

Joe: Eu sei, mas foi porque te vi beijando esse babaca.

Demi: Ee me forçou, ele me agarrou e me beijou Joe,e bem na hora que você chegou. Você sabe que eu te amo e nunca faria isso com você - Demi enche a boca pra falar a última frase. - 

Joe: Eu não sabia que a tinha forçado a beijá-lo.

Demi: Claro, você não me deu chance de falar. Joe você me conhece, eu nunca vou te trair. Eu juro. ~tremendo de frio~

Joe imediatamente tira o casaco e coloca em volta de Demi.

Demi: Obrigada.

Joe: Está frio e chuvendo - pegando na mão de Demi, o coração dela bateu mais forte e rápido - Vamos achar um lugar para nos abrigar antes deu te levar pra casa - 

Demi: Mas onde?

Joe: Deve ter uma lojinha, não sei..

Demi: Tem uma logo na esquina, vamos ver se está aberta.

Joe: Ok.

Joe envolve Demi  em seus braços junto ao seu corpo para protegê-la da chuva e vão caminhando até loja, que por acaso está fechada. Mas logo ao lado tem um barzinho, meio que chique, não era onde só homens frequentavam e era aquela imundice, era limpo e sifisticado , eles entram.

Atendente: Pois não? - meio desconfiada por ter um casal aquela hora no bar todo vazio~

Demi: Podemos ficar por aqui até a chuva passar.

Atendente: Não, desculpe, só fregueses...

Joe: Mas senhora - insiste Joe - Está chovendo, por favor, até a chuva passar, estamos ensopados.

Atendente: Não, só fregueses.

Joe: Pois então eu quero um café, traga-me agora. Toma o dinheiro.

A atendente olhou brava pra Joe pela grosseria que ele tinha falado com ela, mas iria pagar mesmo assim, não queria perder dinheiro, e isso o tornara freguês, ou seja, enquanto não terminassem o café, podiam ficar lá.

Demi deu um sorriso maldosa para Joe como se entendesse sua esperteza de pegar um café para permanecerem lá.

Joe: Vem, vamos sentar.

Eles escolhem um cantinho bem isolado do barzinho, onde havia aquelas cadeiras encostadas na parede onde cabiam 3 ou 4 pessoas, eles sentaram juntos, um ao lado do outro.

Joe: Ta com frio?

Demi: Não seu casaco está me esquentando.

Joe: Mas não a mim - brincou Joe - Vamos nos esquentar juntos.

Joe rodeia Demi com os braços, ela repousa a cabeça em seu ombro e desliza os braços ao redor da cintura dele e abraça Joe forte.

Demi: No final de tudo, acabou tudo bem.

Joe: Mas ela não vai deixar a gente em paz Demi, ela vai fazer de tudo para acabar com a gente.

Demi: Falando nisso, da onde você conhece ela? Por que ela quer acabar com a gente? Joe quem é ela? - Demi ergue um pouco a cabeça colocando a face perto da face de Joe. -

Joe: Não vamos falar disso agora, nem lembrar dela. Eu só quero estar com você, estou me dando conta, agora tudo faz sentindo. Ela mandou aquele cara te beijar pra separar a gente. Agora eu só quero te proteger dela, você precisa de alguém que te proteja, alguém que cuide para que tudo esteja bem. Quero ser esse cara.

Demi erguei mais ainda o rosto pra perto de Joe, estavam tão perto que os cílios de Demi tocavam a pele dele, foi o necessário para que Joe tocasse a face dela e roçasse seus lábios nos de Demi. Esse primeiro toque deixou Demi sem fôlego, como se fosse a primeira vez que se encontravam depois de anos. Joe movia sua cabeça levemente como se suas cabeças fossem quebra-cabeças que precisassem ser encaixados.

Eles se beijaram.

Joe apertava tanto Demi contra seu peito que ela mal podia respirar, eles se beijavam com força, porém suavemente, depressa e devagar, de mil jeitos.

O casaco de Joe cai sobre dos ombros de Demi, expondo seus braços e sua blusa molhada que fazia com que seu sutiã ficasse amostra por baixo. Joe deslizava a mão sobre os braços de Demi, como se quisesse esquentá-la. Ele beijava a boca, o rosto, a orelha, o pescoço dela.

Eles pararam o beijo e se olharam profundamente, como se avisassem um pro outro "você é meu meu meu / você é minha minha minha" e voltaram a se beijar, mais ardente do que nunca. A mão de Joe tocava a alça do sutiã de Demi que escorregou pra baixo do ombro, que acabou fazendo com que a alça de sua regata caísse também, expondo a curva do seio de Demi. Eles não pudiam parar, e também não queriam.....

Atendente: SENHORES!!!!! - Disse a mulher com uma voz de autoridade e um pouco satisfeita, pois tinha atrapalhado o beijo dos dois - Desculpem incomodar, mas aqui está o café.

Joe: Não queremos mais, a chuva parou, vamos Demi. - levantando e recolhendo a blusa que caiu no chão enquanto se beijavam - 

Eles se levantam e Demi dá uma  uma risadinha de gozação da atendente. 

















Ela fica enfurecida enquanto segura a xícara de café . Jemi sai do barzinho com a chuva já acabara. Eles caminham de mãos dadas, com caras de satisfeitos.

Demi: Esse foi melhor que o primeiro -virando pra Joe mordendo os lábios de uma forma fofa-

Joe: Concordo - levantando a alça  do sutiã dela - 

Demi: Então, isso é um recomeço..?

Je: Com certeza, eu ainda sou apaixonada por você, como um crianção bobo. - meio envergonhado. -

Demi o beijo no rosto nas postas dos pés.

Joe: Vou te levar pra sua casa.

Demi: Nossa ainda temos que caminhar até minha casa, droga...

Joe: Tive uma ideia.

Enquanto isso....

Sel: É aqui mesmo moço, pode parar e obrigada pela carona.

Homem: Por nada.

Sel: Desculpa aí, ter....duvidado de ti, sabe, pensei que era um pedófilo maníaco do parque, sabe como é hehehe, é... então tá, valeu.

Homem: E sua amiga? Como vai ficar, será que ela ta bem?

Sel: Não sei, quer dizer, espero que sim, mas... por que você faz isso com a gente, aparece do nada, nos da conselho, isso ou aquilo, afinal quem é você?

Homem: Não posso dizer, eu apenas estou fazendo algo que deveria ter feito anos atrás, tentando preencher o vazio que há em mim, tentando recuperar meu espaço na vida dela.

Sel: Na vida de quem? Quem? Por que você vive atrás da Demi? E da gente? Me mostra seu rosto, me mostra!! Me fala seu nome pelo menos....

Homem: Meu nome.....?

Sel: É....

Homem: Meu nome é chegamos na sua casa você já pode descer. - o homem estica o braço até a porta de Selena e a abre - 

Sel: Eu ainda vou descobrir quem é você. Você é ainda mais infantil que eu que sou bem mais nova. Ridículo, não se mostrar. Seria mais digno ser um maníaco do que um velho que perambula dando conselhos sem se revelas. Eu ligaria pra polícia pra te denunciar, mas.....você parece um homem de bem.....ou não....mas acho que nunca machucaria um de nós. Obrigado pela carona; - ela fecha porta e entra na casa enquanto o homem misteriosa sai com o carro desaparecendo na rua. -

Selena entra o mais devagar possível na casa para que a mãe  de Demi não acorde. Ela ela tira o sapato encharcado e corre para o quarto onde dorme com Demi, Sel troca de roupa colocando uma bem quentinha e faz um coque no cabelo.

Sel: Agora sim, posso deitar....mas e a Demi hein, ela nem me avisou nem nada, caramba..... - segurando o celular forte na esperança de Demi lhe mandar algo - 

Ela se deita na cama com o celular na mão ao seu lado, aguardando.....

Enquanto isso com Joe e Demi...

Demi: Joseph dá onde você tirou a ideia de um hotel....

Joe: Não é hotel, é tipo uma pensão, sei lá, são vários quartozinhos que você fica por uma noite sabe...

Demi: Resumindo, um hotel.

Joe: A casa de sua mãe esta muito longe, o hotel estava mais perto.

Demi: Verdade.

Os dois pagam o quarto e vão entrado nele.

Demi: Nossa, bem pequeninho.

Joe: Também acho pequeno para esse preço que eu paguei. - jogando a jaquete em uma das camas. - Mas estar com você vai valer a pena.

Demi abaixa a cabeça envergonhada.

O quarto tinha 2 camas de solteiro e um pequeno banheiro bem próximo de uma das camas.

Demi: Vou me trocar. Não vale olhar ok.

Joe: Não dá pra evitar, vou olhar de qualquer jeito. - dando uma risadinha meio que safada -

Demi: Então vou me trocar no banheiro.

Ela entra no banheiro, tira seu all star branco que estava cheio de barro e sua calça jeans. Estava apenas com o sutiã, sua regata e sua calcinha que estava coberta por sua blusa. Demi se olhava no espelho, sabia que estava meio que horrorosa por todo aquela chuva, mas a blusa molhada marcava sua cintura e quadril, ela acariciava suas curvas e gostava do que via, queria que Joe a visse assim também.

Demi percebi que Joe tinha apagado a luz do quarto, pois a luz embaixo da porta tinha acabado, ela então respira, conta até três, apaga a luz do banheiro e abre porta. Joe meio que consegue ver a silhueta de Demi chegando perto dele.

Joe: Cabe mais um aqui..... - puxando a coberta pra Demi entrar. - 

Demi: Só pra dormir.

Joe: Ok, só pra dormir......

Eles sentiam suas pernas entrelaçadas, a cueca samba-canção de Joe encostava nas coxas de Demi, os seios dela encostavam no peito nu de Joe e um sentia a respiração do outro.

Demi: Eu te amo.

Joe: E eu te amo.

Naquele momento, os dois queriam se puxar um pra dentro do outro, queriam passar aquela noite por completo e se amarem.

Joe: Não podemos perder o controle.

Demi: Talvez possamos....

Continua.....

bjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjj. @1Dems (:




16 comentários:

  1. AI OBG POR POSTAR QUANDO EU PEDI NO TWITTER!!! *-* SOU A @GLITTEROFLERDA NUSS, TÔ MUITO FELIZ! VC QUER ME MATAR PARANDO AÍ NÉ? MEU DEUUUUX, PFVR CONTINUA SE NÃO EU MORRO!!! KKKKKK BJS!

    ResponderExcluir
  2. MANO QUE SUSTO,EU ENTREI NO BLOG SÓ PRA VER SE VOCÊ TINHA POSTADO SÓ PRA VER MESMO E VOCÊ POSTOU SOS vou te perdoar esses 6 meses sem postar só porque o cap de hoje foi muito bom u.u senti falta da sua fic.vê se não demora pra postar agora :( pls

    ResponderExcluir
  3. GOSH ACHO QUE O HOME MISTÉRIOSO É O PATRICK ! U.U EU ESCREVO FIC E SEI U.U HAHAHA E HMMMMMMMMMMM OQ SERÁ Q VAI ACONTECER ESSA NOITE ENTRE JEMI? EU JÁ SEI TAMBÉM MUAHAHAHAHA OU PELO MENOS ACHO QUE SIM! PLEASE, FAÇA ACONTECER? THANKS XOXO! :3 POSTE LOGO E QUASE ME MATOU POR TER PARADO DE POSTAR :P NÃO DEMORE MAIS OK? AMO SUA FIC :3

    ResponderExcluir
  4. voce que me matar menina,eu amo demais esse teu blog,aí você some!tive um trauma tá(kkkmentira)
    mais emfim,posta logo esse capítulo HOT.beijos :)

    ResponderExcluir
  5. CARACA MANO, QUE PERFEIÇÃO AAAAAAAAAAAA POSTA LOGO OK

    ResponderExcluir
  6. MEEEEL DEEEEEEEEEELS!Mucho perfection, amei! Engraçado, sexy, e misteriosoooooooooooooooooooooooooo. Não demora pra postar, por favor! kKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  7. AMEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII D +++++++++++ POSTA LOGOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  8. EU SEI QUEM É O HOMEM MISTERIOSO,É O PAI DA DEMI O PATRICK HÁ

    ResponderExcluir
  9. ahhhhhhhhhhhhhhhhhh posta logo pelamordedeus vc tah me dexando lokaaaaaaa eh serio sempre acompanho sua fic mas assim naum demora mais de postar eu nunca roi unhas agr estou ate roendo os cotoco dos dedos entaum poste logooo

    ResponderExcluir
  10. É O PATRICK, O PAI DA DEMS - EU SABIA, VÉI u.u
    POOOOOSTA LOOOOOOGO !

    ResponderExcluir
  11. Ajuda a divulgar que a moderação daqui esta aberta? Agradeço. :3

    ResponderExcluir
  12. OMGGGGGGG Posta logoooooo!!!!!! vou morrer de curiosidade !!!!

    ResponderExcluir
  13. queria saber a continuação...

    ResponderExcluir